April 30, 2021

Engrandecer-se e Estar no Comando

By YvY

Você deve lembrar-se de que cada um dos Padrões de Sobrevivência moldam a atenção da pessoa de maneiras específicas. Com o Padrão de Fuga, a atenção tende a se distanciar da situação física aqui e agora para outras dimensões. Com o Padrão de Fusão, a atenção tende a deixar o eu e se fixar nos outros e o que eles querem. Com o Padrão Resistente, a atenção tende a voltar para dentro de si, se rebaixar ficar preso lá. Para o Padrão Agressivo, a atenção e energia tendem a subir e sair para reivindicar e controlar o espaço e as pessoas ao seu redor. Como observamos anteriormente, pessoas com Padrão Agressivo tentam controlar os outros, e a situação para garantir a sua própria sobrevivência. Elas fazem isso tornando-se maiores, mais fortes e superiores de alguma forma, e colocando você para baixo. Isso geralmente assume a forma de desafios e intimidação, como crítica pessoal ou ao seu trabalho, xingando você, desvalorizando você ou fazendo você se enganar de alguma maneira. Se você conseguir se manter firme e enfrentá-las cara a cara, talvez elas relaxem e aceitem você como uma igual, mas se você desafiá-las, elas irão lutar pelo domínio. Elas gostam de exercer o poder e causar efeito sobre os outros, mas tendem a evitar deixar que os outros as afetem, pois isso traria sentimentos de vulnerabilidade. Por isso, muitas vezes procuram empregos e situações onde possam influenciar outros de uma posição de autoridade, como ser policial, pregador ou professor. Elas também gostam de desafiar a si próprias e aos outros, por isso gravitam para situações competitivas e perigosas, como esportes, combate a incêndios e exército.

Testando-se

Desafiar-se muitas vezes assume a forma de testar seus corpos, colocando-os ao limite. Pessoas com Padrões Agressivos muitas vezes provam e testam seus corpos e sua vontade. São capazes de realizar certas façanhas porque não ouvem o corpo, mas apenas monitoram o mesmo em busca de danos fatais. Contanto que o corpo ainda funcione, essas pessoas estão “prontas para ir”. Elas focam sua vontade no que querem alcançar e então submetem o corpo à sua vontade. Elas até percebem o sinais e necessidades do corpo, mas optam por ignorá-los e substituí-los. Isto é fundamentalmente diferente da experiência das pessoas de Padrões de Fuga ou Fusão, que não percebem claramente os sinais e necessidades do corpo.

Este hábito de levar seus corpos ao limite significa que elas estão frequentemente em um estado de adrenalina. Na verdade, para muitos, é seu estado preferido. Esta é a razão pela qual alguns soldados que terminaram o combate seguem inquietos na vida civil e se alistam para retornar ao campo de batalha.

Testando os Outros

Pessoas que adotaram o Padrão Agressivo usam sua inteligência para rapidamente avaliar os outros e descobrir quem tem poder e quem não tem – quem é forte, quem é inteligente, quem tem influência. Elas coletam essas informações (conscientemente ou inconscientemente) testando aqueles ao seu redor quanto à força e veracidade. O teste é um pulso de energia que elas enviam de seu próprio núcleo diretamente para o núcleo da outra pessoa. É muito parecido com o sinal usado por um submarino para medir a distância de outro submarino. Em seguida, elas observam que tipo de pulso de energia é refletido de volta. É um eco forte e claro que diz: “percebo você e estou aqui”. Ou é um eco fraco e difuso que diz “Estou meio que aqui; não me machuque.” Ou não existe nenhum eco, que diz “não estou realmente aqui”.

Se você é energeticamente sensível, pode sentir essa pulsação quando encontra essas pessoas e percebe que estão avaliando você. A sensação pode variar de um toque a algo como a mão batendo em você. Frequentemente isso é um teste energético acompanhado por um teste verbal ou físico óbvio, como um desafio, um insulto, uma pergunta intrusiva ou um golpe no ombro. O ponto do teste é ver o quão bem você vai resistir a um ataque – você vai firmar seu chão ou você vai desabar? É um teste de camaradas de armas, projetado para classificar os fortes dos fracos, aqueles de quem eles podem depender quando as coisas começaram a dificultar aqueles que terão de carregar. Escusado será dizer que a experiência de ser energeticamente, verbalmente ou mesmo fisicamente abatido é desagradável para todo mundo. Infelizmente, aqueles que estão profundamente presos no Padrão podem fazer o teste tão fortemente chega ser maldoso e ofensivo, como abuso verbal ou físico. Muitas pessoas não entendem a função deste teste, então elas veem apenas o abuso e talvez o medo por trás disso.

Testando Autoridades

Pessoas com Padrão Agressivo respeitarão a autoridade real (que para eles significa autoridade com base na competência), mas não respeitarão a autoridade com base meramente no cargo e testarão todas as autoridades que encontrarem para ver se merecem respeito. Este é apenas mais um exemplo de sua necessidade de constantemente testarem a si mesmas e aos outros. Elas também são rebeldes, adoram ultrapassar limites, quebrar as regras e explodir o recipiente (fofo no parquejo). Então, se você está em uma posição de autoridade, elas desafiam e causarão problemas, apenas para ver como você vai lidar com isso.

Em ambientes de grupo, pessoas de Padrão Agressivo tendem a colocar o resto do grupo em estado de medo. Isso é causado por muitas coisas: seu excesso de energia natural, seu estilo agressivo, sua mania de testar a todos (especialmente o líder), e seu desejo de dominar o grupo. Também é causado por seu hábito inconsciente de rastrear energicamente os outros da mesma forma que um predador vai rastrear a presa. Pessoas sensíveis podem sentir isso como uma sensação de sondagem ou uma leve pressão sobre elas, e isso provavelmente vai assustá-las. O lado positivo dessa capacidade de rastreamento é que pessoas agressivas muitas vezes são capazes de rastrear o fluxo de energia de uma pessoa, grupo ou situação, que é um talento muito útil para qualquer pessoa envolvida na liderança ou cura.

Em qualquer situação de grupo, aqueles com as estratégias de defesa mais agressivas irão tendem a dominar, a menos que haja um líder que seja capaz de controlá-los. Se você está administrando um grupo, deve ser capaz de controlar os membros ou o grupo não funcionará. Lembre-se de que eles querem você para ter sucesso. Eles precisam de algo maior do que eles em que possam confiar, mas também estão com medo de que você use a confiança deles para prejudicá-los. Então eles vão precisar testá-lo – repetidamente – antes de confiar em você.

Tirando Energia de Outras Pessoas

Quando essas pessoas ficam realmente assustadas e entram no Padrão Agressivo elas extraem energia de qualquer fonte, incluindo todas as outras pessoas na sala. Para configurar essa possibilidade, elas farão algo que deixe os outros excitados. Então, elas puxam a carga de energia da sala para si mesmas. Isto é uma estratégia de sobrevivência, e seu uso mostra como estão com medo. Elas não querem saber que estão com medo ou perceber que usam os outros dessa forma, então se você faz parte do grupo, terá que alertá-los sobre isso. Você também terá que ensinar a elas como se conectar a campos de energia maiores do que os humanos e como puxar energia de lá, em vez de outras pessoas.

Acelerando para Lutar

Ao enfrentar o perigo, as pessoas de Padrão Agressivo mudam de posição de maneira sólida para o centro do corpo e produzem mais adrenalina. Essas ações amplificam sua vontade e energia enquanto se movem para avaliar o perigo e enfrentá-lo. Isso os torna bons em uma crise: equilibradas, competentes, corajosas, pragmáticas e capazes de assumir o controle. Estas são as pessoas com maior probabilidade de realmente lutarem por uma causa – as pessoas deste padrão vão defender o oprimido de outros agressores, desde que permaneça oprimido e não desafie seu próprio domínio.

Uma vez que sintam-se confortáveis e eficazes para segurar e manejar o poder, pessoas de Padrão Agressivo são frequentemente conhecidas como pessoas de atitude, aquelas que outros recorrem em busca de iniciativa e coragem para cumprir uma missão. A principal limitação delas neste caso é que tendem a acreditar que a força é a solução para todos os problemas. Muitos dos escolhidos como líderes de guerra e generais, de fato, atuam neste Padrão de Sobrevivência. Suas necessidades ainda existem, embora sejam renegadas, negadas e atacadas. Você pode avaliar a profundidade de sua ferida observando o quanto ela ataca e envergonha a vulnerabilidade e as necessidades dos outros.

Experiência Padronizada de Tempo

Pessoas com Padrões Agressivos experimentam o tempo como uma corrida para o futuro, então não há tempo a perder. Elas precisam agir agora!