May 1, 2021

Características das Doshas

By YvY

Visão Geral

As três doshas – Vata, Pitta e Kapha, são responsáveis pela enorme variedade de diferenças e preferências indivíduais e influenciam tudo o que somos e fazemos, desde nossas escolhas alimentares até o modo de nos relacionarmos com os outros. Elas governam os processos biológicos e psicológicos de nosso corpo, mente e consciência. Elas regulam a criação, manutenção e destruição do tecido corporal e a eliminação de resíduos. Elas também governam nossas emoções. Quando em equilíbrio, geram qualidades nobres como compreensão, compaixão e amor. Quando seu equilíbrio é perturbado por estresse, dieta inadequada, condições ambientais ou outros fatores, elas dão origem a emoções negativas, como raiva, medo e ganância. Na Ayurveda, Vata é o princípio do ar corporal. É a energia de movimento. Pitta é o princípio do fogo, a energia da digestão e metabolismo. E Kapha é o princípio da água, a energia da lubrificação e estrutura. Todas as pessoas têm essas três doshas, mas uma delas geralmente é primária, uma secundária e a terceira menos proeminente. Assim, cada pessoa tem um padrão particular de energia, uma combinação individual de características físicas, mentais e emocionais que compõem sua constituição (prakruti). Assim como todos temos uma impressão digital individual que pode ser identificada por um praticante treinado, todos temos uma energia impressa – um equilíbrio ou proporção de Vata, Pitta e Kapha – que é exclusivamente seu. A saúde depende em manter essa proporção em equilíbrio. Equilíbrio é a ordem natural das coisas; o desequilíbrio provoca e reflete a desordem. Dentro de nossos corpos, há uma interação constante entre ordem e desordem, que determina nosso estado de saúde. Saúde é ordem; doença é desordem. O ambiente interno do corpo reage incessantemente ao ambiente externo. A desordem ocorre quando esses dois estão fora de sintonia um com o outro. Mas como a ordem é inerente à desordem, a pessoa sábia aprende a estar ciente da presença da desordem e se empenha em restabelecer a ordem.

VATA – Movimento
Espaço e Ar/Éter criam: transporte, movimento (movem-se como vento)
– Estação – Outono e início do inverno
– Características Gerais – Arejada, fria, seca, rápida, irregular, leve, móvel, áspera, aérea imprevisível
– Atributos Físicos – Magra, estrutura leve, digestão delicada, mãos e pés frios, padrões irregulares de sono, pele e cabelo secos, move-se e fala rápido, resistente a rotina, ama novas experiências
Sinais de equilíbrio
– Adapta-se facilmente, emotiva e afetuosa, agita-se com facilidade, altamente energética, incrivelmente criativa, ama conhecer novas pessoas, enxerga fora do contexto ou da “caixa”, se expressa = fala, espontânea
Sinais de desequilíbrio
– Normalmente atrasada, ansiosa, com medo, e preocupada. Culpa a si mesma e fica confusa. Ansiosa e medrosa quando triste ou depressiva. Esquece de comer, constipação, dificuldade de terminar projetos, se distrai facilmente, fala muito, incha-se de gases, insônia, mente agitada
– constantemente tagarelando, sem foco.

Vata é a energia do movimento. Embora seja o princípio do ar, não é considerado o mesmo que o ar real no ambiente externo, mas sim como a energia sutil que governa o movimento biológico. Vata está intimamente relacionada à nossa essência vital, conhecida como Prana. Prana é a essência pura de Vata. É a força vital, o jogo de inteligência. Esse fluxo de inteligência é necessário para a comunicação entre duas células, e mantém a função vital de ambas. Num nível cósmico, Prana é dito ser a atração entre Purusha e Prakruti.

Como princípio da mobilidade, Vata regula todas as atividades do corpo, tanto mental quanto fisiológico. É responsável pela respiração, o piscar de nossos olhos, a batida de nossos corações, e todo movimento do citoplasma e membranas celulares. Todos os impulsos nas vastas redes de nosso sistema nervoso são governados por Vata. Quando Vata está em equilíbrio, promove a criatividade e flexibilidade e evoca sentimentos de frescor, leveza, felicidade e alegria. Fora de equilíbrio, Vata produz medo, nervosismo, ansiedade, até tremores e espasmos. Vata é seca, leve, fria, sutil, clara, móvel e dispersa.

PITTA – Transformação
Água e Fogo criam: transformação, metabolismo, aquecem o corpo e a mente
– Estação – Verão
– Características Gerais – Ácida, quente, intensa, leve, penetrante, afiada, azeda
– Atributos Físicos – Estrutura média, digestão forte, temperatura do corpo quente, dorme pouco e bem (e adora se gabar sobre como dorme bem e pouco!) intelecto afiado, aprende com facilidade, direta no discurso e ação, intensa, permanece perto da rotina, corajosa e perfeccionista
Sinais de equilíbrio
– Corajosa, discurso direto, amigável, grande líder, intensa, gosta de rotina, aprende fácil, intelecto afiado, personalidade calorosa
Sinais de desequilíbrio
– Agressiva, raivosa, culpa os outros e ataca quando deprimida ou triste, excessivamente crítica, problemas de visão, inflamável, dores de cabeça, enxaquecas, sem paciência consigo mesma e com os outros, indigestão, azia, desgosto, inveja, inflamação, malvada, mesquinha, irritadiça, erupções cutâneas

Pitta é traduzida como fogo, porém não literalmente. Em vez disso, ela é o princípio do fogo, a energia de aquecimento ou metabolismo. Pitta governa todas as mudanças bioquímicas que ocorrem dentro de nossos corpos, regulando a digestão, absorção, assimilação e temperatura corporal. Do ponto de vista da biologia moderna, Pitta compreende as enzimas, aminoácidos e ácidos que desempenham um papel importante no metabolismo. Pitta regula a temperatura corporal por meio da transformação química da comida. Promove apetite e vitalidade.
Não apenas a comida é metabolizada por nós. Cada impressão vinda do exterior também é processado ou “digerido” e se torna parte de nós. Assim Pitta (quando em equilíbrio) promove inteligência e compreensão e é crucial na aprendizagem. Pitta desequilibrada pode despertar emoções ardentes como frustração, raiva, ódio, crítica e ciúme. Pitta é quente, forte, leve, oleosa, líquida, pungente, azeda e espalha-se. Essas qualidades ocorrem de várias formas em pessoas de constituição pitta.

KAPHA – Proteção
Terra e Água criam proteção, estrutura, estabilidade
– Estação – Final do Inverno início da Primavera
– Características Gerais
– Fria, oleosa, lenta, sórdida, macia, sólida, estável, lubrificada.
– Atributos Físicos – Pode ser pesada, vigor forte, dificilmente fica doente, profunda, sono pesado, pele macia e cabelo grosso, devagar (movimentos lentos), tranquila, metódica, doce, cuidadosa, gosta de rotina.
Sinais de equilíbrio
– calma, consistente, contente, leal, equilibrada, forte, solidária
Sinais de desequilíbrio
– Apegada, complacente, congestionada, sinus e alergias, aborrecida, gananciosa, inerte, imóvel, carente, super protetora, ganha peso, come muito, afasta-se quando triste ou depressiva

Kapha combina água e terra. É a energia que forma a estrutura do corpo, a cola que mantém as células unidas. Kapha também fornece o líquido necessário para a vida de nossas células e sistemas corporais. Lubrifica nossas articulações, hidrata a pele, ajuda a curar feridas e mantém a imunidade. Kapha fornece força, vigor e estabilidade. Psicologicamente, o excesso de Kapha é responsável pelas emoções de apego, ganância, luxúria e inveja. Quando Kapha está em equilíbrio, ela se expressa em tendências amorosas, à calma e ao perdão. As qualidades de Kapha incluem pesada, lenta, fria, oleosa, úmida, macia, estática, viscosa e doce. Indivíduos Kapha exibem essas qualidades de várias maneiras.

Juntas, esses três doshas governam todas as atividades metabólicas do corpo. Kapha promove o anabolismo, o processo de construção do corpo, o crescimento e a criação de novas células, bem como o reparo celular. Pitta regula o metabolismo, que é a digestão e a absorção. Vata desencadeia o catabolismo, o processo de deterioração necessário no qual moléculas maiores são quebradas em moléculas menores.

Vata, o princípio do movimento, move tanto Pitta quanto Kapha, que são imóveis. Assim, quando Vata está fora de equilíbrio, ela influencia e perturba as outras Doshas. A maioria das doenças agravam Vata em sua origem.

Os Vinte Atributos ou Qualidades Básicas

Agora chegamos a outro aspecto importante da teoria Ayurvédica, que a ajudará a fazer escolhas inteligentes para a auto cura. Ayurveda delineia vinte qualidades fundamentais, que aparecem em pares de dez.

Intensa – Leve
Oleosa – Seca
Estável – Móvel
Pegajosa – áspera
Bruta – Sutil
Fria – quente
Lenta – Afiada
Macia – Dura
Densa – Líquida
Nublado – Claro

Essas qualidades são encontradas tanto no mundo ao nosso redor quanto em nossos corpos. O clima de hoje pode parecer leve ou pesado, e pode ser líquido (chuva, humidade) ou seco, móvel (com vento) ou estável, quente ou frio, nublado ou claro. A comida que comemos tende a partilhar essas qualidades. O sorvete, por exemplo, é pesado, oleoso, frio, macio e líquido. Nossa pele pode ser oleosa ou seca, áspera ou lisa. Nosso humor também pode ser pesado ou leve, turvo ou claro; nosso pensamento pode ser lento ou afiado, nossa mente quieta e estável ou móvel e hiperativa, clara ou nublada. Somos constantemente afetadas pelas mudanças dessas qualidades. Tempo frio e ventoso, claro e seco agrava Vata e pode causar resfriados e várias doenças de Vata, como insônia, constipação ou artrite. O clima quente e úmido agrava Pitta e pode levar a surtos de irritação e raiva, bem como a queixas físicas como acne, eczema ou erupções cutâneas. Tempo nublado, cinza, úmido ou chuvoso pode agravar Kapha, levando a resfriados e tosses, depressão, letargia, comer e dormir demais e ganho de peso. Cada uma dessas qualidades combinadas representam o extremo em um continuum.

1. Semelhante aumenta semelhante.

2. Os opostos diminuem um ao outro.

Esses princípios são a chave para a cura com Ayurveda. Quando o desequilíbrio se manifesta, um tratamento bem-sucedido requer o aumento das qualidades opostas, por exemplo, se houver muito calor (excesso de Pitta), uma bebida gelada, nadar, banho frio ou usar algumas ervas com propriedades refrescantes ajudarão muito a pacificar Pitta e reduzir o calor. Uma pessoa que sofre de muito calor não será beneficiada jogando tênis ao sol, comendo alimentos picantes ou fazendo sauna. Da mesma forma, se você estiver com frio e tremendo devido à exposição ao vento, tome uma tigela de sopa quente, enrole-se em um cobertor ou tome um banho quente. Esses remédios simples imediatamente fazem sentido quando os ouvimos, porque são naturais.

Em termos gerais, a secura excessiva do corpo – prisão de ventre, pele seca, emagrecimento e assim por diante – é freqüentemente associado Vata agravada; calor excessivo – urina ardente, olhos irritados, febre, inflamação, raiva ou uma atitude crítica – é Pitta agravada; e peso excessivo – letargia, congestão e excesso de muco – é Kapha desequilibrada. Quaisquer que sejam os sintomas, para o auto-tratamento você precisa entendê-los e então ajustar seu estilo de vida – dieta, exercícios e assim por diante – para restaurar um estado de equilíbrio e saúde.

Dos livro: Ayurveda – Beginner’s guide by Susan Weis-Bohlen, THe Complete Book of Ayurvedic Home Remedies by Vasant Lad